Funcionários explicam todo o processo de produção de cerveja durante a visita - Foto: Gleison Barreto Salin/Cerveja & Gastronomia
Viagens

Como é o passeio pela Anchor Brewing em São Francisco

Na viagem que fizemos pela Califórnia, no ano passado, reservamos uma tarde para conhecer a Anchor Brewing. A marca foi criada em 1896, em São Francisco, e é uma das primeiras cervejarias dos Estados Unidos. Nesta reportagem a gente explica como você garante os ingressos e mostra como é a visita, que dura cerca de uma hora e meia.

Anchor Brewing é uma das cervejarias mais antigas dos Estados Unidos - Foto: Gleison Barreto Salin/Cerveja & Gastronomia
Anchor Brewing é uma das cervejarias mais antigas dos Estados Unidos – Foto: Gleison Barreto Salin/Cerveja & Gastronomia

O primeiro passo é garantir os ingressos. Eles são vendidos pela internet diretamente no site da Anchor Brewing. O link dos Tours está na aba Brewery. Se você clicar aqui, vai direto para essa parte do site. Aí é só rolar a tela que vão surgir as duas opções de tours: Public Tour e Private Tour

Tela mostra como é a compra do Tour no site da Anchor Brewing - Foto: Reprodução/Anchor Brewing
Tela mostra como é a compra do Tour no site da Anchor Brewing – Foto: Reprodução/Anchor Brewing

Eu escolhi a Public Tour, que é a opção da maior parte das pessoas. Custa 25 dólares e você precisa de um cartão internacional para concluir a compra, que é feita em dólares. O valor em Real que aparece, quando você abre o site, é uma estimativa, já que o site de venda é estrangeiro. Para quem viaja na ponta do lápis, é preciso considerar ainda o IOF do cartão de crédito.

Quem está viajando em grupos, com mais de 20 pessoas, pode pedir uma visita particular, com preços a partir de 40 dólares por pessoa.

Você pode comprar ainda copos e abridores da marca com antecedência e retirar no dia da visita. É bem simples, vi algumas pessoas retirando os itens no final da visita, na lojinha que fica do lado do Tap Room.

Em todos os casos apenas os maiores de 21 anos podem beber. É muito importante levar o passaporte no dia da visita. Só com o ingresso impresso não há garantias que você seja liberado para beber, portanto, confira tudo antes de sair para a sua visita.

O transporte público funciona muito bem em São Francisco. Eu peguei um ônibus, estava super vazio e parou um quarteirão antes do prédio da Anchor. Segui as indicações de transporte público do Google Maps mesmo, deu certinho!

Entrada da Anchor Brewing, em São Francisco - Foto: Gleison Barreto Salin/Cerveja & Gastronomia
Entrada da Anchor Brewing, em São Francisco – Foto: Gleison Barreto Salin/Cerveja & Gastronomia

O prédio onde fica hoje a cervejaria foi construído em 1937. É um edifício de estilo art déco que abrigou, inicialmente, uma fábrica que torrava café. Em 1979 o dono da Anchor Brewing na época, Fritz Maytag comprou o prédio onde funciona a cervejaria até hoje. A entrada do tour é por esta porta da foto. Logo na entrada você já sente aquele cheiro gostoso de malte, que lembra pão. É bem agradável, para quem gosta de cerveja e está acostumado com este aroma, característico do processo de produção da bebida.

Na entrada você recebe uma pulseira para indicar que está no tour com degustação - Foto: Gleison Barreto Salin/Cerveja & Gastronomia
Na entrada você recebe uma pulseira para indicar que está no tour com degustação – Foto: Gleison Barreto Salin/Cerveja & Gastronomia

Depois de se identificar, você recebe uma pulseirinha como a que eu recebi na foto e sobe para o Tap Room. A pulseirinha indica que seu documento foi conferido e você tem mais de 21 anos, estando liberado para beber.

Móveis antigos dão um charme no Tap Room da Anchor Brewing - Foto: Gleison Barreto Salin/Cerveja & Gastronomia
Móveis antigos dão um charme no Tap Room da Anchor Brewing – Foto: Gleison Barreto Salin/Cerveja & Gastronomia

O Tap Room é um charme à parte no passeio. O encanto que começou pelo estilo do prédio do lado de fora, segue nas escadas decoradas com fotos artísticas da cervejaria. Tudo te leva a essa sala decorada como um bar antigo, todo em madeira. Tem até um piano no salão. Muito da decoração que está ali é original. No canto direito do salão, do lado do bar, tem uma cristaleira com todas as garrafas comemorativas das edições natalinas produzidas pela Anchor. Os rótulos são lindos, vale ver enquanto espera pelo início do passeio.

Tap Room da Anchor Brewing preserva decoração original em algumas partes - Foto: Gleison Barreto Salin/Cerveja & Gastronomia
Tap Room da Anchor Brewing preserva decoração original em algumas partes – Foto: Gleison Barreto Salin/Cerveja & Gastronomia

Antes de começar a visita, um brinde com a cerveja mais antiga e conhecida da Anchor Brewing: a Steam Beer. Ela tem o processo de fabricação registrado como único pela Anchor e é semelhante ao processo que cria as cervejas do estilo California Commons.

Antes de começar a visita pela cervejaria, os funcionários preparam um brinde de boas-vindas com a Steam Beer, a cerveja mais famosa deles - Foto: Gleison Barreto Salin/Cerveja & Gastronomia
Antes de começar a visita pela cervejaria, os funcionários preparam um brinde de boas-vindas com a Steam Beer, a cerveja mais famosa deles – Foto: Gleison Barreto Salin/Cerveja & Gastronomia

De forma simplificada, as cervejas deste estilo são feitas com levedura do tipo Lager, que, em vez de serem fermentadas em baixas temperaturas, são fabricadas em temperaturas mais altas, como se fossem uma Ale. Essa diferença de temperatura faz com que a bebida tenha características das Ales, como o aumento da percepção de tostado e de caramelo no aroma e no sabor da cerveja, sem perder a facilidade de beber (o famoso drinkability). Além disso, a cor dessa cerveja (que é mais pro âmbar e bem cristalina, como vocês podem ver nas fotos acima e abaixo), deixa a experiência muito saborosa.

O sommelier do site Cerveja & Gastronomia, Gleison Barreto, no início da degustação incluída no tour da Anchor Brewing em São Francisco - Foto: Gleison Barreto Salin/Cerveja & Gastronomia
O sommelier do site Cerveja & Gastronomia, Gleison Barreto, no início da degustação incluída no tour da Anchor Brewing em São Francisco – Foto: Gleison Barreto Salin/Cerveja & Gastronomia

Enquanto bebemos o primeiro rótulo, nosso guia conta um pouco da história da cervejaria, do processo de fabricação e dos outros rótulos de sucesso da Anchor. Muitos são exportados mundo afora e chegam inclusive aqui no Brasil.

Alguns dos rótulos produzidos pela Anchor Brewing - Foto: Gleison Barreto Salin/Cerveja & Gastronomia
Alguns dos rótulos produzidos pela Anchor Brewing – Foto: Gleison Barreto Salin/Cerveja & Gastronomia

Com o início do tour, seguimos para a sala dos famosos tanques de cobre. São lindos. Não tem foto que consiga explicar a sensação de ver de perto este tipo de tanque. No Brasil, a Cervejaria Bohemia também tem estes modelos na fábrica de Petrópolis.

Funcionários explicam todo o processo de produção de cerveja durante a visita - Foto: Gleison Barreto Salin/Cerveja & Gastronomia
Funcionários explicam todo o processo de produção de cerveja durante a visita – Foto: Gleison Barreto Salin/Cerveja & Gastronomia

Você anda depois por toda a fábrica, conhecendo etapa por etapa do processo de fabricação da cerveja. Depois retorna para o Tap Room para degustar mais alguns rótulos. O nosso guia, Andrew, estava em seu último tour na empresa. Era o último dia dele e quem ganhou o presente foi a nossa turma: ele trouxe duas cervejas experimentais para que a gente provasse (são essas garrafas sem rótulo da foto abaixo!). Se é verdade ou se foi só um truque pra ganhar mais gorjetas, nunca saberemos! Mas posso garantir que provei muita cerveja bacana!

A primeira experimental é uma Stout com malte defumado e baunilha. Muito boa, com um defumado bem leve e a baunilha na quantidade perfeita – está presente mas não rouba a cena.

A segunda foi uma Berliner Weiss com Pêssego (alô Catharina Sour?). É uma cerveja com acidez bem leve mas senti pouco aroma do pêssego.

Outra que tomei lá é a Ipa San Franpsycho. Se você encontrar por aqui pode beber. É uma Juicy IPA bem feita, bem aromática como toda cerveja americana e bem amarga, na medida. Gostei bastante que acabei bebendo depois em um bar que visitei em São Francisco.

Mais rótulos das cervejas produzidas pela Anchor Brewing e oferecidas na degustação final - Foto: Gleison Barreto Salin/Cerveja & Gastronomia
Mais rótulos das cervejas produzidas pela Anchor Brewing e oferecidas na degustação final – Foto: Gleison Barreto Salin/Cerveja & Gastronomia

Se quiser mais dicas para o seu passeio cervejeiro em São Francisco, veja aqui a reportagem publicada há duas semanas sobre o turismo na cidade e as cervejas que tomei quando estava por lá.


Ficou com alguma dúvida? Quer fazer alguma pergunta? Deixe aqui nos comentários!

Responda

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *