Filme Megarrromântico e a cerveja Minne são destaques da coluna de cinema - Foto: Montagem com Michael Parmelee/Netflix e Divulgação/Panela Cervejeira
Cinema no Cerveja e Gastronomia

Cinema: Megarrromântico

Quando você pensa em comédia romântica, tenho certeza que logo vem à sua cabeça uma sequência de clichês. O segredo dos grandes filmes de sucesso é adicionar algo que, mesmo parecendo diferente, segue a receita direitinho. No caso de “Megarrrômantico”, no catálogo da Netflix, o truque está em explicitar esses clichês – o que torna tudo muito – mas muito mesmo – divertido. Este é o filme da coluna de cinema do site Cerveja & Gastronomia desta semana, que, excepcionalmente, está sendo publicada neste sábado.

"Megarrromântico" é uma comédia romântica que brinca com os clichês do gênero - Foto: Michael Parmelee/Netflix
“Megarrromântico” é uma comédia romântica que brinca com os clichês do gênero – Foto: Michael Parmelee/Netflix

“Megarrrômantico” tem no roteiro seu ponto mais forte. A personagem interpretada pela excelente Rebel Wilson vive em uma realidade diferente das histórias que marcaram a infância e a adolescência dela. Até que, um dia, ela bate a cabeça e acorda em um mundo em que ela é protagonista de uma comédia romântica. Da trilha sonora, às roupas e situações – tudo está lá. E ela vive essa experiência consciente do lugar onde está. Isso deixa tudo muito engraçado.

Rebel Wilson se vê no mundo das comédias românticas, depois de acordar de um acidente e garante boas risadas - Foto: Michael Parmelee/Netflix
Rebel Wilson se vê no mundo das comédias românticas, depois de acordar de um acidente e garante boas risadas – Foto: Michael Parmelee/Netflix

Uma das situações, por exemplo, é quando ela vai se arrumar para ir a uma festa. Começa a tocar uma música e ela já grita, reclamando que não vai fazer a cena de ficar experimentando roupas para a aprovação do melhor amigo gay da protagonista. Isso sem contar as outras referências, como “Uma Linda Mulher” (olhe a roupa da foto acima!)

Quem também está muito bem no filme é o ator Adam Devine. Como colega de trabalho da personagem de Rebel Wilson ele aparece e cria situações hilárias. É um ótimo exemplo de um papel coadjuvante que não serve apenas como escada para a estrela principal, mas que deixa sua marca.

Se você está querendo rir um pouco, teve um dia pesado no trabalho, ou é um fã (como eu) de boas comédias românticas, este filme é perfeito para você!

O que beber?

Um filme leve e divertido como “Megarrrômantico” pede também uma cerveja igualmente leve e refrescante. Nossa dica de hoje é a Pilsen produzida pela Panela Cervejeira: a Minne.

Como toda boa Pilsen, tem no sabor do malte sua principal característica. As cervejas deste estilo são cristalinas, douradas, de espuma branca. Como o amargor é baixo, tem alto potencial de drinkability, o que permite beber mais quantidade sem exagerar no consumo de álcool.

Pilsen produzida pela Panela Cervejeira em Piracicaba é destaque na coluna de cinema desta semana - Foto: Divulgação/Panela Cervejeira
Pilsen produzida pela Panela Cervejeira em Piracicaba é destaque na coluna de cinema desta semana – Foto: Divulgação/Panela Cervejeira

A Minne tem 5% de álcool e 22 de IBU. A cerveja é produzida em Piracicaba, no interior de São Paulo, no espaço da Panela Cervejeira. A ideia por lá é que você possa ir até o lugar e produzir a sua própria cerveja. Eles promovem cursos e alugam o espaço para pequenas brassagens, sejam elas de teste ou para consumo próprio. Bacana a ideia, não acham? As informações sobre os cursos estão no site deles.


Toda sexta-feira você vai encontrar, aqui, nesta coluna, uma indicação de filme e de um rótulo de cerveja. Mas quais os critérios para a escolha dos filmes e das cervejas? Veja aqui como é feita a nossa coluna semanal. Você também pode ler as colunas anteriores.

E o que você achou deste filme e da cerveja? Escreva aqui nos comentários e compartilhe sua opinião com a gente!

Responda

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *