Filme "O Quebra-Cabeça" e as cervejas da série Brut Ipa da Bodebrown são as dicas da coluna de cinema desta sexta-feira - Foto: Montagem com Divulgação/Bac Films e Reprodução/Instagram Cervejaria Bodebrown
Cinema no Cerveja e Gastronomia

Cinema: O quebra-cabeça

E se sua vida mudasse totalmente aos 40 anos? Esse é o ponto principal do filme “O Quebra-Cabeça”, em cartaz nos cinemas. Baseado em um filme argentino de 2009, o longa tem belas falas que vão fazer você sair do cinema pensando sobre a própria vida. Esta é a dica da coluna de cinema do site Cerveja e Gastronomia de hoje.

A jornada de empoderamento de uma mulher aparece no filme "O Quebra-cabeça" - Foto: Divulgação/Bac Films
A jornada de empoderamento de uma mulher aparece no filme “O Quebra-cabeça” – Foto: Divulgação/Bac Films

“O Quebra-Cabeça” conta a história de Agnes, interpretada pela atriz Kelly Macdonald, uma mãe suburbana de uma pequena cidade norte-americana, que se dedica exclusivamente à família e aos cuidados com a casa. No aniversário de 40 anos ela ganha um quebra-cabeça, que faz com que ela descubra um dom. A partir daí ela tem o mundo alterado, quando começa a se preparar para uma competição de quebra-cabeças formando uma dupla bem excêntrica com um especialista indiano.

A primeira coisa que chama atenção no filme é a interpretação de Kelly Macdonald. É uma excelente atriz, que já fez vários papeis pequenos e  coadjuvantes mas que teve, neste filme, a chance de mostrar exatamente a construção e o crescimento da personagem principal.

É muito legal ver a evolução e o empoderamento da mãe. O quebra-cabeça que ela vai montando da própria vida, peça por peça, é muito rico e o diretor conseguiu manter, na minha opinião, essa magia que existe no filme argentino.

Outro ponto legal do filme é o roteiro. As falas são muito bem escritas, direto ao ponto e sem enrolação. E tem cada “porrada” que a gente escuta… algumas frases batem fundo no peito da gente e ficam reverberando até depois que o filme acaba.

Por fim, a fotografia também é um show à parte. Assim como a direção de arte nos detalhes das casas e dos quebra-cabeças. Visualmente interessante, além do conteúdo ser apaixonante.

Relação que surge a partir do quebra-cabeça é o divisor da história de "O Quebra-cabeça" - Foto: Divulgação/Bac Films
Relação que surge a partir do quebra-cabeça é o divisor da história de “O Quebra-cabeça” – Foto: Divulgação/Bac Films

É um daqueles filmes que a gente ri, chora, se sente bem e mal ao mesmo tempo. Veja o trailer e conheça um pouco da história:

O que beber?

Uma cerveja para acompanhar um filme sobre quebra-cabeça precisa ser complexa. Não pode ser uma cerveja do dia-a-dia, tem que ser um estilo que represente algo especial, um momento da vida que marque uma mudança.

Cada cerveja da série ressalta um lúpulo diferente - Foto: Reprodução/Instagram Cervejaria Bodebrown
Cada cerveja da série ressalta um lúpulo diferente – Foto: Reprodução/Instagram Cervejaria Bodebrown

Nada melhor do que comemorar com um estilo que leva a cerveja para mais perto do champanhe: a Brut Beer (ou Bière Brut). No caso, hoje destacamos a série Brut Ipa da Bodebrown. São 3 garrafas (recentemente eles lançaram mais uma, que ainda não está à venda na loja virtual) que eles chamam carinhosamente de “espumante de lúpulo”. E não é à toa.

Cada garrafa traz uma cerveja leve, preparada com um tipo de lúpulo específico. Foram usados os lúpulos Galaxy, Mosaic e El Dorado. Na mais nova, a quarta, eles usaram o meu lúpulo preferido: Sorachi, o lúpulo japonês.

No geral, são cervejas claras, de cor dourada, bem carbonatadas, mas que possuem uma boa carga de lúpulo, diferentemente da maioria das Brut Beers. Elas possuem 6,5% de álcool e acompanham bem queijos mais fortes como o Gouda e o Parmesão. Mas esse estilo eu gosto mesmo é de harmonizar com os amigos, afinal, é uma cerveja que lembra celebrações e comemorações!

Série Brut Ipa tem cervejas lupuladas feitas com método de champanhe - Foto: Reprodução/Instagram Cervejaria Bodebrown
Série Brut Ipa tem cervejas lupuladas feitas com método de champanhe – Foto: Reprodução/Instagram Cervejaria Bodebrown

Toda sexta-feira você vai encontrar, aqui, nesta coluna, uma indicação de filme e de um rótulo de cerveja. Mas quais os critérios para a escolha dos filmes e das cervejas? Veja aqui como é feita a nossa coluna semanal. Você também pode ler as colunas anteriores.

E o que você achou deste filme e da cerveja? Escreva aqui nos comentários e compartilhe sua opinião com a gente!


Responda

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *