Hambúrguer harmonizado com Pilsen - Foto: Gleison Barreto Salin/Cerveja e Gastronomia
Dicas Harmonizações

Hambúrguer e Cerveja

Taí uma combinação que eu adoro! Harmonizar hambúrguer com cerveja não é difícil de acertar. O tipo de ingrediente, a gordura e os temperos podem ser atenuados ou potencializados, de acordo com a cerveja escolhida. Basta saber o que você quer ou se arriscar em experimentos (que podem ser muito bons, por sinal!).

Para quem não tem muita experiência e quer algumas dicas, olha só o que eu já provei e funcionou para mim:

Brown Ale

As cervejas deste estilo são maltadas e possuem um “tostado” no sabor que combina perfeitamente com a tosta do hambúrguer na grelha (já que eu considero aqui a carne como a principal característica do hambúrguer). Por ser uma cerveja mais escura, com leve teor alcoólico e bem carbonatada, também ajuda a limpar o paladar.

No caso da American Brown Ale, a diferença entre elas é a adição de lúpulos como característica da cerveja, o que traz o lúpulo (amargor, cítrico e até floral, dependendo da receita) de forma mais marcante na cerveja. Esse estilo ajuda na harmonização com o hambúrguer, dependendo dos ingredientes que você usa. Por exemplo, um hambúrguer que tenha onion rings, por exemplo, fica ótimo com a dose extra de lúpulos, por causa da gordura da fritura.

Red Ale e Amber Ale

Essa é uma das minhas preferidas. O tom da cerveja é lindo, avermelhado, e o sabor do malte caramelo, levemente adocicado, sem perder o amargor, deixa o hambúrguer bem saboroso.

É uma forma de aproveitar melhor o sabor que vem da Pale Ale, mas com uma receita mais “robusta” para a cerveja.  Não que a Pale Ale não funcione, pelo contrário. Mas diferentemente da Pilsen (que eu vou falar logo abaixo), a Pale Ale clássica, britânica, para mim, perde muito em sabor quando acompanhada da rica mistura dos hambúrgueres. Gosto mais dela, na harmonização clássica, com Fish and Chips, por exemplo.

India Pale Ale – IPA

Essa já é um clássico com hambúrguer. O tipo de lúpulo usado, na quantidade mais alta, reforça os temperos do hambúrguer e ainda harmoniza com o tostado da carne. A carbonatação limpa a gordura e deixa a boca preparada para a próxima mordida. É sempre uma boa combinação e uma combinação segura.

O cuidado que você precisa ter é evitar hambúrgueres muito apimentados com essa cerveja, já que o lúpulo aumenta a sensação de queimação da pimenta na boca.

A foto abaixo, por exemplo, é de um amigo, que seguiu minhas dicas no aeroporto Santos Dumont, enquanto aguardava o voo.

Hambúrguer no aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro - Foto: Gleison Santos
Hambúrguer no aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro – Foto: Gleison Santos

Pilsen

A cerveja Pilsen também harmoniza com os hambúrgueres, mas com outro perfil. Por ter um sabor que lembra o sabor do pão, as cervejas deste estilo ajudam a realçar a combinação com a carne, da mesma forma que o pão faz o carne, suavizando temperos e equilibrando sabores.

O hambúrguer, nestes casos, não pode ter queijos mais fortes do que a muçarela, por exemplo, nem molhos muito condimentados. Se for mais do que isso a cerveja não consegue harmonizar e fica por baixo dos sabores do hambúrguer.

Hambúrguer harmonizado com Pilsen - Foto: Gleison Barreto Salin/Cerveja e Gastronomia
Hambúrguer harmonizado com Pilsen – Foto: Gleison Barreto Salin/Cerveja e Gastronomia

A Bohemian Pilsner, da mesma família, tem mais amargor e fica bem bacana também com hambúrgueres que levam bacon na receita.


E você, como gosta de harmonizar cerveja e hambúrguer?  Testou as nossas dicas? Compartilhe o que você achou aqui nos comentários. Sua experiência pode ajudar outras pessoas!

Responda

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *