Raspas de chocolate - Foto: cokolatetnica/Pixabay
Dicas Harmonizações

Páscoa combina com cerveja!

Páscoa é um período de fé para os católicos mas que, comercialmente, é a época dos ovos de chocolate. Há várias opções de produtos à venda, para todos os tipos de bolso. E tem ainda aqueles que preferem comprar barras de chocolate, para fugir da alta de preço, se comparado ao do ovo de páscoa. Mas se você quer deixar a páscoa de alguém que goste de cerveja bem especial, veja nossas dicas para harmonizar cerveja com chocolate!

A primeira coisa que você precisa saber é que nem todas as cervejas escuras que têm cheiro ou sabor de cacau levam cacau em seus ingredientes. É que existe um malte que, quando torrado até um ponto específico, faz com que libere esses cheiros e sabores que se assemelham aos do chocolate. O mesmo acontece com o malte usado nas Stouts, que lembra café, o malte caramelo de uma Red Ale (que também não tem caramelo), e por aí vai.

Algumas cervejarias colocam outros ingredientes nas cervejas para potencializar o sabor do chocolate. Eu já vi cerveja com adição de cacau, de nibs de cacau no processo de brassagem (que é o nome que se dá a uma parte do processo de fabricação da cerveja) e de outros ingredientes para deixar as receitas ainda mais saborosas.

Exercício do chocolate no curso de Sommelier
Exercício do chocolate no curso de Sommelier

Exercício

Agora vem a parte mais legal! Escolher as cervejas para harmonizar com o chocolate. Na época do curso de Sommelier, a gente fez um exercício muito bacana, que você pode repetir também em casa e é ótimo para entender um pouco dos efeitos da harmonização. Compre três barras de chocolate: uma ao leite, uma de chocolate amargo e outra de chocolate branco. E aí escolha três cervejas que você queira testar a harmonização. Para um primeiro exercício sugiro uma Fruit Lambic (tipo a Kriek), uma Brown Ale e uma Porter.

Aí é só você montar um quadro – pode fazer à mão mesmo – e ir anotando as suas experiências com cada chocolate e cerveja, lembrando de beber água entre um tipo de chocolate e outro para limpar o paladar. Então, comece pelo chocolate ao leite e coma cada pedaço acompanhado de uma cerveja. Depois repita o processo com o amargo e por último com o chocolate branco. No fim dessa “brincadeira” você vai conseguir eleger, por conta própria, qual cerveja harmoniza melhor, de acordo com o seu paladar, com os principais tipos de chocolate.

Harmonizações

No meu caso, posso sugerir as seguintes harmonizações:

Chocolate Branco: É um chocolate mais suave e mais doce, que pede uma cerveja um pouco mais ácida. Eu gosto muito da ideia das Fruit Lambics de Cereja, como a Kriek (que significa Cereja em alemão). Esse sabor de “frutas vermelhas” com o chocolate branco é bem clássico e combina bem. Outra combinação que eu gosto, pessoalmente, é a do chocolate branco com o chocolate preto: um mezzo! Então, se o chocolate branco vem em barra, o escuro pode ser uma cerveja do estilo Porter. Mas a minha harmonização preferida para chocolate branco é a Brown Ale. O sabor do tostado da cerveja atenua bem o doce do chocolate, trazendo um sabor diferente na boca.

Chocolate Amargo: É meu tipo preferido de chocolate e o que eu mais consumo. Tem baixa quantidade de açúcar (às vezes nenhum, dependendo da marca) e muito gosto de cacau. Neste caso, a harmonização mais clássica pede uma cerveja mais intensa, que tem sabores semelhantes, como uma Imperial Porter, com mais álcool. Neste caso eu também acho que combina bem com uma Stout. As notas de café da cerveja harmonizam, para mim, com este tipo de chocolate mais amargo e mais intenso. Eu adoro comer chocolate e beber uma xícara de café quentinho! O mesmo vale, para mim, com cerveja (só que aí é geladinha! rs)

Chocolate ao leite: Este é um chocolate mais macio, com sabor de leite e mais suave. Também tem mais açúcar, o que não me agrada muito e é meu tipo de chocolate menos consumido. Fica bem com as Fruit BeersLambic ou não – porque geralmente são cervejas levemente ácidas que ajudam a quebrar um pouco do doce do chocolate (como acontece com o chocolate branco). No caso da Kriek, especificamente, a semelhança com o sabor do bolo Floresta Negra é bem interessante e vale a experiência. Mas a minha harmonização preferida para este tipo de cerveja é uma Imperial Stout, bem amarga, para equilibrar o doce do chocolate, trazendo uma nova camada de sabor. Uma opção que eu também gosto muito – principalmente por trazer um sabor diferente ao chocolate – é harmonizar com uma cerveja do estilo Belgian  Dark Strong Ale.

Ah, se você optar por comprar ovos recheados trufados ou mesmo comprar uma trufa de chocolate, lembre-se de harmonizar com uma Imperial Stout. O recheio da trufa, que geralmente é mais pesado e levemente alcoólico, vai pedir uma cerveja mais forte para harmonizar. A Imperial Stout tem essa força tanto nos maltes usados (que lembram o café), quanto no álcool (por ser Imperial ela tem mais álcool do que a Stout comum).

Raspas de chocolate - Foto: cokolatetnica/Pixabay
Raspas de chocolate – Foto: cokolatetnica/Pixabay

Lembrando sempre que os estilos indicados aqui são apenas uma sugestão. Você pode curtir ou não cada uma dessas experiências.

E você? Qual estilo de cerveja ou rótulo você curte com chocolate? Conte aqui nos comentários e compartilhe com os outros leitores do Cerveja e Gastronomia!

Responda

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *